Duas pessoas têm morte súbita nos últimos dias em Barras

.


28/06/2022 15:16:22

O infarto fulminante é aquele que surge de repente e que muitas vezes pode causar a morte da vítima antes que possa ser atendida pelo médico. Quase metade dos casos morre antes de chegarem ao hospital, devido a rapidez como acontece. Em Barras, o infarto pode ter atingido duas vítimas nos últimos dias.

Uma senhora identificada apenas como Isolone foi encontrada morta na cozinha de  sua casa na noite desta  segunda-feira (27), Ao que tudo indica, ela teve um infarto fulminante dentro de casa e, como morava sozinha, demorou a ser encontrada

Populares solicitaram a presença do GAV que ao chegar no local confirmou o óbito. Um vizinho de Isolone relatou que  há mais de 24 horas não via a vizinha, que sempre ficava na porta de casa,  Isolone morava na Rua São José, próximo ao Colégio Honorina Tito.

Outro óbito registrado por mal súbito em Barras aconteceu no último sábado. Trata-se do Mestre de Obras, Raimundo Rocha, que residia no Bairro São Cristóvão. Ele passou mal no meio da rua e caiu.

Este tipo de infarto ocorre quando há a interrupção abrupta do fluxo sanguíneo para o coração, e geralmente, é causada por alterações genéticas, que provocam modificações nos vasos sanguíneos ou uma arritmia grave. Este risco é maior em pessoas com fatores de risco para doenças do coração, como tabagismo, obesidade, diabetes e pressão alta.

Devido à sua gravidade, o infarto fulminante pode levar a morte em minutos, caso não seja prontamente diagnosticado e tratado, provocando a situação conhecida como morte súbita. Por isso, na presença de sintomas que possam indicar um infarto, como dor no peito, sensação de aperto ou falta de ar, por exemplo, é muito importante procurar atendimento médico o mais breve possível.

Fonte:Longah.Com

NO AR Recordar é viver
Talita Ravena - 13:00 às 14:00